In Namoro Cristão

O amar e o apaixonar


Atualmente, mais e mais meninas tem se perdido pela paixão, dificilmente encontramos pessoas que se amam de verdade, e acreditem, este é um dos maiores fatores da destruição de corações.

Segundo o dicionário amor é: um sentimento de carinho e demonstrações de afeto que se desenvolve entre seres que possuem a capacidade de o demonstrar. Diferente da paixão que tem como significado: sentimento intenso que possui a capacidade de alterar o comportamento, o pensamento etc; amor, ódio ou desejo demonstrado de maneira extrema; atração intensa (também sexual).
Logo pelo significado das palavras é possível diferenciarmos ambos termos, o amor é puro, simples, fiel, benigno, traz paz e quando despertado na hora correta (Ct 8:4), enche o coração de alegria. 

Porém a paixão, ela vem acompanhada do ciúme, amor ou ódio excessivo, é controladora, desenfreada, é capaz de manipular a cabeça de jovens, pois eles se deixam levar pelo coração que segundo a própria bíblia é enganoso. (Jr 17:9)

Ela é a grande responsável pelas pessoas se "encantarem" e logo depois "desencantarem", é a que desperta o ficar (falei sobre a prática do ficar neste post), e despertamento sexual, a paixão é estopim para o estupro, é responsável por todo o chororô da despedida, afinal ela é passageira e não oferece uma alegria duradoura.
"Foge também das paixões da mocidade; e segue a justiça, a fé, o amor, e a paz com os que, com um coração puro, invocam o Senhor." 2 Timóteo 2:22

A morte de Jesus simboliza muitas coisas em seus diferentes aspectos, mas duas me chamam mais atenção: 
Você é livre, não precisa se manter escravo do pecado, da paixão, do prazer dos outros.
Ele é a prova do amor verdadeiro, amor capaz de sacrifícios, amor sincero e incondicional. Nunca pensou em viver um amor assim? Aprenda com o mestre como é viver em um relacionamento completo e duradouro.
Um beijo e até a próxima! 

Talvez você também goste